Pré-marcação de consulta
Fale connosco
Urgências: 935 176 940
Linha Azul: 707 100 098

Casos Clínicos

Intoxicação por Rodenticidas
A Bella, uma fêmea labrador, com 1,5 anos, apresentou-se para consulta de urgência após a ingestão de um saco de rodenticidas. Não apresentava alterações ao exame físico e estava activa. Os efeitos de toxicidade destes produtos verificam-se apenas 48 horas após a ingestão. Contudo, é necessário actuar o mais rápido possível, que foi o caso da Bella. Procedeu-se à indução do vómito e a nossa paciente ficou internada para fluidoterapia, administração de protectores gástricos, carvão activado e de vitamina K. Foram fornecidas pequenas refeições para manter o estômago revestido.

Os quadros de intoxicação por rodenticidas são bastante reservados e podem ser fatais, principalmente se não existir uma rápida actuação e vigilância por parte do dono. É importante expelir a substância tóxica do organismo através da administração de fluidos, bem como proteger o estômago, criar adsorção do tóxico e prevenir as hemorragias através da vitamina K e de repouso.